Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

DNIT – RO/AC participa do Movimento Novembro Azul realizado pela Gestão Ambiental da Rodovia BR-429/RO

Publicada 24/11/2014

O câncer de próstata é o câncer mais frequente no sexo masculino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), a cada seis homens, um é portador da doença. A estimativa é de que, neste ano de 2014, 69 mil novos casos sejam diagnosticados, ou seja, a descoberta de um caso a cada 7,6 minutos. A fim de tentar reverter esse quadro alarmante, e destacando sua preocupação com temas relacionados à saúde pública, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), através do Consórcio Astec/Direção/MRS, responsável pela Gestão e Supervisão Ambiental da Rodovia BR-429/RO, desenvolveu no mês de novembro, a campanha “Combatendo o câncer de próstata”.

A campanha faz referência ao Movimento Novembro Azul, dirigida especialmente ao público masculino, sendo realizada em prol da sensibilização para a importância da prevenção ao câncer da próstata.

A equipe de Supervisão Ambiental, representada pela bióloga Magda Ap.ͣ  Leonardelli Darós, esteve na sede do DNIT/U.L. de Ji-Paraná/RO, para a entrega do material de apoio referente à campanha, sendo (fôlderes, adesivos e pulseiras personalizadas) aos funcionários do Departamento, na oportunidade, representados por: eng.º Pedro Katusyoshi Nakayama (supervisor da unidade local do DNIT SR/DNIT – RO/AC), eng.º Félix Júnior Alves da Silva (fiscal das Obras de Implantação e Pavimentação Asfáltica da Rodovia BR-429/RO e supervisor substituto da Unidade Local de Ji-Paraná/RO SR/DNIT – RO/AC), Sebastião Carlos de Castro Andrade (agente administrativo), Iranilda Nink (assistente administrativo) e Francisco das Chagas Lopes (motorista oficial). A Gestão Ambiental da Rodovia BR-429/RO aproveita o ensejo para agradecer a participação de todos, que enaltece o objetivo de sensibilização à causa, proposto pela campanha de novembro.

É importante salientar que a recomendação da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) é que homens a partir de 50 anos procurem seu urologista para discutir a prática e a realização da avaliação. Aqueles com maior risco da doença (história familiar, raça negra) devem procurar o urologista a partir dos 45 anos. Os exames consistem na dosagem sérica do PSA e no exame digital retal, complementares para o diagnóstico, com periodicidade anual.

Infelizmente, o preconceito que ronda em torno dos exames, impede que muitos homens procurem a avaliação médica. Não permita que sua saúde seja prejudicada por uma intolerância passageira. A vida é sempre o mais importante. Fique atento, previna-se. 

 

Fonte: SBU / Novembro Azul



Voltar