Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Notícias

Campanha “Vacinação: prevenção é o melhor remédio!” é desenvolvida ao longo da Rodovia BR-429/RO

Publicada 26/06/2018

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT), por meio do Consórcio Astec/Direção/MRS, através dos Programas de Educação Ambiental e Sanitária (PEAS) e Comunicação Social (PCS), desenvolveu no mês de junho/2018, a Campanha “Vacinação: prevenção é o melhor remédio!”.

O ditado popular afirma “é melhor prevenir do que remediar”, certo? A máxima se aplica muito bem à comemoração do dia 9 de junho: Dia Nacional da Imunização. A data foi instituída com a finalidade de sensibilizar a população ao conceito de que a vacinação é fundamental.

Assim, a equipe do PEAS ministrou palestra sobre a criação das vacinas, dados históricos, mitos envolvendo o medo da vacinação e especialmente a importância de manter o cartão de vacina atualizado: há vacinas específicas para cada idade e todas são necessárias. Quatro instituições de ensino situadas às margens da Rodovia BR-429/RO foram contempladas com a Campanha, sendo: E.M.E.I.E.F. Olavo Bilac, E.M.E.I.F. Venceslau Brás, E.P.M.E.F.M. Neusa de Oliveira Bravin, e E.P.M.E.I.F. Maria Lucinete Firmino Miranda.

Após a palestra, quatro alunos de cada escola foram selecionados para participar do “Jogo das Vacinas”, um jogo de tabuleiro com perguntas e respostas sobre as vacinas. No encerramento da Campanha, uma unidade do jogo foi entregue em cada instituição de ensino para disposição dos alunos, de acordo com as determinações da escola.

É importante lembrar que através da imunização de cada indivíduo as vacinas constituem um apoio importante à saúde coletiva. De acordo com dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, nasúltimas décadas, o Brasil conseguiu erradicar doenças como a varíola, cujo último caso foi registrado em 1971, e a poliomielite, em 1989. Além disso, entre 2010 e 2014, não foram confirmados casos de rubéola no País. A vacinação é fundamental e obrigatória. Seja responsável com a sua saúde e de quem convive com você. Vacine-se!

 

Com informações de: Ministério da Saúde/Unafisco Saúde



Voltar